Bom dia Ribeirão das Neves. Mais uma vez invado sua time line para nosso sétimo texto da série cadê o meu dinheiro.

No texto de hoje faço a primeira observação, e uma pergunta, tentaram mudar a forma de divulgação no DOM – Diário Oficial do Município? Como entro todos os dias, em uma dessas aventuras, deparei com publicações sem valores, nomeações sem Dam, ou FGC, mas parece que voltou ao normal.

Na primeira publicação do DOM que quero partilhar é uma empresa que ganha mais um contrato na saúde no valor de R$ 504.000,00 Valor este divido em 12 parcelas de R$ 42.000,00, tem haver com os CTI’s que serão instalados ou é outra coisa? Algum vereador pode nos explicar? Vamos aguardar a manifestação dos representantes na casa Legilativa.

Outra coisa curiosa, foi o monte de contratação na Secretaria de Administração. Faço uma pergunta: Não estamos em crise, em calamidade, com queda na arrecadação? Qual o motivo de tanta contratação? Isto chega dar um nó na garganta, e o pior é a não manifestação dos fiscais do povo. Acorda vereador é hora de trabalhar, pois seu mandato está chegando ao fim, ou você pensa que vai se reeleger?

Mas também tem publicação interessante para os moradores do bairro Jardim Colonial, são compras de equipamentos para o Céu das Artes, é o que parece. Veja aí:

Ar condicionado, equipamento de academia, livros, e equipamentos cenotécnicos. O que será que vai acontecer com a sala de cinema para 200 pessoas que estava lá? Vão equipá-la ou ela será usada para outra modalidade?

Tem um cessão de uso de imóvel entre a Secretaria de meio Ambiente e a Cidade dos Meninos, se eu não tiver enganado deve ser o galpão em que a Comarin usa desde sua última mudança, um espaço ótimo, mas com uma logística prejudicada, pelo simples fato de ser no morro, e imagina um catador que tem que subir o morro do CAIC para levar seu material coleado? Não estou reclamando, apenas faço esta observação para o bem estar dos usuários do espaço. Veja o termo:

A grande questão nisto é que o prazo já expirou neste tempo, e agora como está esta relação uma vez que aparentemente a Cooperativa permanece lá? Agora, se não for isto que me corrijam por favor! Publicação tardia, mas feita né…

E por fim, neste texto, uma publicação de um convênio com o Banco Santander, recém chegado na cidade, o qual agora pode oferecer empréstimos aos servidores que lá tiverem conta. Afinal de contas os bancos vivem disto…

Pois bem minha gente, encerro por aqui este texto, e qualquer novidade voltaremos aqui para que possam saber como estão gastando nosso dinheiro, até hoje não recebi nenhuma mensagem de nenhum vereador, de duas uma, ou estão coniventes com tudo, ou não tem a mínima ideia do que fazem com a suas funções de fiscalizadores!

Eduardo Carolino.